Fortaleza -

TEMAS DAS CÉLULAS – MÊS DE ABRIL 2017

 

TEMA: A CURA DE UM LEPROSO

TEXTO: (Mc 1:40-45)

INTRODUÇÃO: O texto lido fala sobre a cura de um homem leproso. Na época de Jesus a lepra era uma doença incurável e contagiosa, por isso desde o momento em que era constada a lepra, a pessoa era isolada da sociedade. Geralmente eles viviam aglomerados nas montanhas e cavernas e se eles se encontrassem com uma pessoa sã tinham que gritar: Imundo! Imundo! (Lv 13:45). Sem duvida era uma situação muito dolorosa e humilhante. Sabemos que na Tipologia Bíblica, a lepra é também um símbolo do pecado. Ainda hoje existem muitas pessoas até dentro das Igrejas que estão sofrendo de lepra física (enfermidades), lepra espiritual (pecado) e até lepras emocionais. Nesta noite vamos compartilhar:

 

TRÊS PASSOS PARA A CURA DA LEPRA (PECADO).

1º PASSO – APROXIMANDO-SE DE JESUS – v.40a …Aproximou-se dele (de Jesus) um leproso… – (Is 1:18; Jo 6:37)

Aproximar de Jesus é o primeiro passo para a cura da lepra. Sabendo disto o diabo tem feito de tudo para afastar as pessoas de Jesus, dizendo que elas não são dignas, porque são leprosas e pecadoras. Mas o próprio Jesus disse que veio para os leprosos, os doentes. (Mt 9:12). Se hoje você precisa de cura (espiritual, física ou emocional), não deixe o diabo te enganar mais, aproxime-se de Jesus!!!

PERGUNTA: Em sua opinião, o que mais impede uma pessoa de se aproximar de Deus?

 

2º PASSO – ADORANDO A JESUS - v.1b…. rogou-lhe, de joelhos… (Mt 8:2) …veio um leproso e adorou…. (Sl 51:17b)

Aproximar de Jesus é só o começo do processo de cura e libertação. O segundo passo é ADORAÇÃO. Quando uma pessoa se prostra, adora a Jesus, ela esta reconhecendo quem Jesus é. Muitas pessoas caminharam próximas de Jesus, mas não foram abençoadas. A verdadeira adoração revela nossa FÉ e confiança em Jesus.

PERGUNTA: Com suas palavras, defina o que é uma adoração verdadeira e de valor?

3º Passo – É esperar pelo toque do Senhor – v.41Jesus, profundamente compadecido, estendeu a mão, tocou-o e disse-lhe: Quero, fica limpo!… – (Sl 40:1)

O toque de Deus, nem sempre acontece no exato momento que nos aproximamos e adoramos a Ele. Muitos desistem da sua benção e até da fé cristã, porque não entendem isto. O toque de Deus pode ser: Imediato; a médio prazo; ou a longo prazo. Mas seja como for, quando esperamos fielmente n’Ele, nunca somos desamparados ou decepcionados. Por isso podemos dizer como o salmista: …por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face… (Sl 42:5)

PERGUNTA: Alguém tem um testemunho de ter recebido o toque de Deus depois de ter perseverado?

CONCLUSÃO: Em Lc 5:12 diz que este homem estava …coberto de lepra…. Não importa o tamanho ou a quantidade de lepra que uma pessoa possui, o que não podemos é esconder nossa lepra(pecado). Em 2Rs 5 fala de um grande comandante chamado Naamã, respeitado, valente, valoroso porém era leproso. A sua capa escondia a lepra. Nesta noite, não esconda nada de Jesus, abra o seu coração para Ele, e certamente Ele vai de tocar!!!

 

 #######################################################################################

TEMA: O ENCONTRO QUE MUDOU UMA VIDA 

TEXTO: (Lucas 19.1-10)

INTRODUÇÃO: Zaqueu, um homem que venceu todos os desafios e barreiras para ser livre. Zaqueu, embora fosse um homem de uma alta posição social, cultural, material e financeira vivia com um grande vazio na alma, além do fato de ser odiado pela sua própria nação por causa do seu trabalho como cobrador de impostos para Roma. Ele, porém soube buscar a solução na pessoa certa, “JESUS”.

1) Ele venceu a barreira da multidão

1- Precisamos dar crédito à palavra de Deus e não ao que as pessoas pensam. “E procurava ver quem era Jesus e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura” (V.3).
2- Precisamos aprender a abrir mão de coisas e pessoas que nos impedem de irmos a Jesus. “E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto e herdará a vida eterna” (Mt 19.29).
3- As pessoas que estão perto de você, têm te conduzido à presença de Jesus.

2) Ele venceu a barreira dos problemas pessoais. 

“E correndo adiante, subiu a uma figueira brava para ver, porque havia de passar por ali” (v.4).

1- Preconceito: Tinha uma alta posição social para subir numa árvore.

2- Complexo: Era baixinho.

3- Orgulho: Falsa aparência e a religiosidade.

4- Você tem sido impedido de aproximar-se de Jesus por causa de algum problema pessoal?

3) Ele venceu a barreira da rejeição. 

“E, vendo todos isso, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador. E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se em alguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado” (V.7,8).

1- O publicano era odiado pelo seu próprio povo

2- Eram taxados de ladrões e exploradores do povo

3- Ele venceu as críticas e a oposição

4- Você tem sido criticado por causa do seu amor a Jesus?

4) O que aconteceu com Zaqueu?

1- Jesus conhecia a Zaqueu – “E, quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque, hoje, me convém pousar em tua casa” (V.5).

2- Jesus foi à casa de Zaqueu – “E disse-lhe Jesus: Hoje, veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão” (V.9).

3- Jesus transformou a vida de Zaqueu – “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (V.10).

4- Você já convidou Jesus para habitar em sua casa (coração)?

CONCLUSÃO: Quando Jesus entra no nosso coração, Ele muda toda nossa vida e satisfaz plenamente a nossa alma, pois, assim como Ele conhecia a triste realidade de Zaqueu, também conhece a realidade de cada um de nós.

 ################################################################################################

TEMA: VOCÊ É VERDADEIRAMENTE SALVO?

TEXTO: (Gn 17.1-5 / Rm 8:1-14)

INTRODUÇÃO: Ninguém será salvo porque diz que conhece a Deus, porque diz que vai a igreja, porque diz que conhece…

ANALISE A SUA SITUAÇÃO! 

1) Agora, pois já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo JesusPorque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus te livrou da lei do pecado e da morte. (Rm 8.1-2).
a – Estar em Cristo, significa: Estar com a minha vida inteiramente entregue nas suas mãos, é ter a certeza de que ele reina sobre a minha vida e de que Ele é o meu único Senhor e salvador.
b – Você está condenado ou absolvido?

2) Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e a paz. (Rm 8.5-6).

a – Para onde você tem pendido. Que tipo de vida você tem vivido?

b – Você tem desejado viver uma vida de santidade, ou satisfazendo a sua carne?

c – Se você for verdadeiramente um homem espiritual e nascido de novo, o seu desejo e sua disposição não pode ser para a carne e para o pecado, porque o que habita na sua vida é a lei do Espírito e não da carne (natureza humana pecaminosa).

d – Você vive na carne ou no Espírito?

3) Se, porém, Cristo está em vós, o corpo na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é vida, por causa da justiça. (Rm 8.10).

a – Se Cristo, verdadeiramente está em nós, a nossa carne, está morta, por isso, não temos razão para vivermos no pecado, pois agora o que predomina em nós é a vontade do Espírito Santo no nosso espírito vivificado.

b – Você está morto para o pecado?

4) Porque se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. (Rm 8.1, 14; Tg 1.14-15).

a – Se você caminha segundo a carne caminha para a morte, porque somente através do Espírito Santo podemos mortificar os feitos do nosso corpo (carne). Se você não tem o Espírito de Deus você não é d’Ele.

b – Você caminha para a vida ou para a morte?

5) O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. (Rm 8.16).
a – Quando o Espírito Santo faz a obra da conversão genuína no nosso espírito, Ele nos concede a capacitação para crermos no sacrifício de Cristo Jesus e professarmos pela fé que somos filhos de Deus.

b – Você é filho de Deus realmente?

CONCLUSÃO: Analise sua vida e conclua, se você tem o Espírito de Deus no seu espírito e pode declarar pela fé que é filho de Deus. (Jo 1.12).

 ###############################################################################################

TEMA: REMENDO NOVO EM ROUPA VELHA

TEXTO: (Mateus 9:16,17).

ITRODUÇÃO: O novo nascimento em Cristo é algo que deve mudar completamente a vida daqueles que experimentam receber Jesus como Senhor e salvador. A mudança é percebida quando o crente vai abandonando tudo aquilo que pertencia à sua velha vida. Não podemos querer conciliar a nova vida em Cristo com a velha vida do mundo.

1- O NOVO E O VELHO NÃO SE MISTURAM

     Jesus estava ensinando aos discípulos de João que o evangelho é algo totalmente novo na vida daqueles que crêem n’Ele como o filho de Deus e se arrependem dos seus pecados (2 Co 5.17). Porém, é preciso disposição para romper com tudo aquilo que faz parte de uma vida sem Jesus.

     Do mesmo modo que não se deve colocar um remendo novo numa roupa velha, o crente não pode querer andar com Jesus e continuar na prática do pecado, pois é impossível viver uma vida de santidade permanecendo com as mesmas atitudes de quando não tinha Jesus. Novo é novo e velho é velho.

     Decida hoje abandonar tudo aquilo que ainda lembra a sua velha vida sem Cristo. Ore pedindo ao Senhor que purifique a sua vida e lhe dê forças para que você, a partir de hoje, busque a santificação da sua vida (Hb 12.14).

2- NÃO PODEMOS VIVER DE APARÊNCIAS

     Aqueles que desejassem seguir Jesus precisariam abandonar as estruturas religiosas da época que levavam as pessoas a uma falsa religiosidade. Eles viviam uma vida de aparências, por fora eram belos como sepulcros caiados, mas por dentro só havia imundícia (Mt 23.27).
A opção pelo novo de Deus é uma decisão pessoal. Jesus não interfere em nossa vontade, mas espera que tomemos a decisão de deixarmos que Ele nos guie em todos os nossos caminhos. As coisas velhas só vão passar quando tomarmos esta decisão.

     Decida eliminar tudo aquilo que lembra a sua velha vida. Comece fazendo uma limpeza dentro da sua casa e jogue fora tudo que ainda liga você à sua vida sem Jesus. Não dê nem venda, pois só devemos dar aquilo que queremos para nós também (Dt 7:26).

3- O VINHO NOVO E ODRE VELHO NÃO COMBINAM

     Os odres eram sacos de couro utilizados para guardar líquidos. Um vinho novo só poderia ser colocado em um odre novo, pois a fermentação esticava o couro do odre que não deixava o vinho sair. Aquele odre não poderia ser usado novamente com vinho novo, pois odre sem elasticidade se rasgaria.
Para ser cheio do Espírito Santo de Deus o cristão precisa ter a sua vida renovada em Cristo, pois o vinho novo de Deus não entra num odre velho e sujo. Assim como o vinho novo não combina com odre velho, o Espírito Santo não combina com uma vida de pecado (Ef 5:18).

     Decida hoje ser um odre novo buscando uma vida de santidade, pois Deus quer levar você mais além do que você possa imaginar. Porém, é necessário que a sua vida esteja fluindo no Espírito Santo, desejando cada vez mais a Sua unção e poder (1Co 2.9).

CONCLUSÃO: Jesus disse que remendo novo não combina com roupa velha, ou seja, não podemos ser cheios do espírito Santo vivendo ainda no pecado. O cristão não pode viver uma vida de aparência, ou somos crentes em Jesus ou não somos. Remendo novo em roupa velha não funciona; vinho novo em odre velho não combina. Amém.

 ##################################################################################################

TEMA:  DUAS PORTAS E DOIS CAMINHOS

TEXTO: ( Mateus. 7:13-14)

INTRODUÇÃO: Ensino de Jesus sobre os muitos que andam pelo caminho que favorecem a si mesmos, o caminho da comodidade, e os poucos que aceitam a verdade em busca de segurança eterna, sem se importar com o preço a ser pago.

Não há três caminhos, ou três tipos de pessoas, a Bíblia só reconhece dois caminhos e dois tipos de pessoas (com Cristo e sem Cristo, céu e inferno)

1) Duas Portas: I Rs. 18: 21

“Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal” (Dt 30.15).

“Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu” (1 Rs 18.21).

Larga: Indica o modo de viver descuidado e pecaminoso do ímpio – é mais fácil ser vingativo e avarento, aproveitando-se dos outros para enriquecer-se, do que andar pela regra de ouro          (Mt. 7:12), este é o caminho que conduz ao inferno – o nome da porta é EGOÍSMO.

Estreita: Larga o suficiente para entrar uma pessoa de cada vez – Mostra a dificuldade do primeiro passo correto para Deus – A pessoa tem vencer todas as inclinações naturais (Lc. 13: 24), o nome desta porta é JESUS. A porta estreita exige obediência rigorosa à regra de ouro.
“Portanto tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lo também vós, porque esta é a lei e os profetas” Mt. 7:12.

2) Dois Caminhos: Os caminhos são a seqüência das portas, e entrar pelas portas é uma questão de consciência, liberdade e escolha, – A vida passa a ser moldada pela escolha – Não é o destino que determina o nosso futuro, e sim a nossa escolha e Jesus é a única escolha e Ele diz em João 14.6: “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”.

Caminho largo – porta larga: Comodidade e o conforto do mundo – Bastante espaço para o pecador e seus pecados. Tem uma aparência florida, atraente e sedutora.

Caminho estreito – porta estreita: Não oferece espaço suficiente para que um pecador passe com todo seu volume de iniquidades. Ele é estreito, mas à medida que começamos a trilhar este caminho, que é Jesus, ele se alarga, expande, dilata-se, adquire paisagens, glória e traz descanso, segurança e paz. Veja João 14.27: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”.

3) Dois tipos de companhia: Muitos viajantes na estrada larga e poucos peregrinos na estreita.
Valores do caminho estreito – Arrependimento e fé. Valores do caminho largo – Egoísmo e todas as suas manifestações.

4) Dois destinos: Caminho espaçoso leva a destruição. Veja o que é Destruição: Desperdício, perda de tudo que é valioso para a existência. Campbell Morgan diz que destruição significa: Limitação apertada, confinamento, prisão até que tudo seja destruído por meio de tensão esmagadora.

O caminho estreito leva a uma vida sem pecados e sem dor, e vida eterna com Cristo, “Ao que vencer, lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono” (Ap 3.21).

CONCLUSÃO: O Pai nos dá duas opções, como está escrito em Dt 30.19: “Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente, amando ao Senhor, teu Deus, dando ouvidos à sua voz e te achegando a ele; pois ele é a tua vida e a lonjura dos teus dias; para que fiques na terra que o Senhor jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque e a Jacó, que lhes havia de dar”. Veja o conselho de vida que o Pai nos dá, mas depende da escolha de cada um.

Print Friendly
Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Busca na Bíblia
Patrocinadores

Voltar ao Topo