Fortaleza -

TEMAS DAS CÉLULAS – MÊS DE OUTUBRO 2019

 

 

“A paternidade que Deus nos ensina é, ide e fazei discípulos.

 

isto é: adote eles como seus filhos espirituais.”

 

Apóstolo Robson Zamberlan

 

 

##################################################################################################

 

 

 

 

TEMA: “A BENÇÃO DA PATERNIDADE”

 

TEXTO:  Salmos 128:4-6

 

INTRODUÇÃO: Nunca antes, na história da raça humana, o mundo tem pedido com tanta insistência que os pais assumam suas responsabilidades e que tomem o lugar que lhes corresponde: a paternidade. A sociedade atual avança em um ritmo tão acelerado que, cada vez mais, demanda mais tempo das pessoas e os pais, para cumprir tais demandas, veem, como a via mais fácil, sacrificar o tempo que pertencem aos filhos.

 

 

1.  DEUS NOSSA REFERÊNCIA DE PAI

 

Todo conceito que temos de filho está relacionado ao pai e à mãe que nos gerou e criou.  Porém, esse conceito tanto pode ser bom como traumático, a depender de como cada filho recebeu os cuidados, atenção e amor dos seus pais. Alguém pode dizer: “eu não tive pai”. Então entendemos que essa pessoa tem um pai ausente, o que é totalmente contrário à Palavra de Deus que, com o Seu tão grande amor com que nos tem amado, nos dá o maior exemplo de como ser um verdadeiro pai presente.

 

 

2.  A IDENTIDADE DOS FILHOS

 

Todo filho anela saber quem é seu pai e ter dele uma imagem positiva, pois toda imagem negativa que um filho assimila do pai, da mãe ou dos seus líderes, influencia na sua alma. Só Deus pode tratar e curar essa ferida e restaurar essa alma, pois, o que Ele mais quer, é restaurar e ajustar o relacionamento entre pais e filhos. Deus é perfeito em tudo, inclusive perfeito como Pai. Ele ajustará e moldará a identidade de cada filho que o buscar e aceitar os seus mandamentos: “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.” (Ex 20:12). Esse é o primeiro mandamento com promessa. Muitos têm dificuldade em se relacionar com Deus, nosso Pai, provavelmente por causa da imagem negativa que trazem dos seus pais ou daqueles que, por uma circunstância, tiveram influência nas suas formações e, consequentemente, trazem um entendimento distorcido de quem é Deus Pai.

 

 

3.  DEUS É UM PAI PRESENTE

 

Certa vez, um discípulo de Jesus, chamado Felipe pediu-lhe o seguinte: “Senhor, mostra-nos o Pai”. A expressão de Felipe pedindo: “mostra-nos o Pai”, nos revela a carência de todo filho querer conhecer e se relacionar com seu pai. Jesus, então, lhe respondeu: “Estou há tanto tempo convosco e não me tendes conhecido, Felipe? Quem me vê a mim vê o Pai e como dizes tu: mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai e que o Pai está em mim?” (João 14:8-9).

 

 

CONCLUSÃO: Jesus, através do Seu sacrifício na cruz, nos abriu um novo caminho de acesso ao Pai, cumprindo, assim, Sua maior missão: nos conduzir ao Pai. Deus quer que sejamos Seus filhos legítimos e aliançados, integralmente, com a Sua paternidade. “Dá-me, filho meu, o teu coração e os teus olhos observem os meus caminhos.” (Provérbios 22:26).

 

 

 

 #########################################################################################

 

 

 

 

 

TEMA: O LEGADO DE UM PAI

 

TEXTO: Filipenses 4:9

 

QUEBRA-GELO: Você tem deixado um bom legado para o seu filho (biológico ou espiritual)?

 

INTRODUÇÃO: Legado é uma disposição feita em um testamento para benefício de outra pessoa, é deixar algo de valor. Ou seja, legado é uma herança deixado para alguém, que também pode ser moral ou espiritual. Hoje, vamos falar sobre a importância de deixarmos um bom legado para nossos filhos. Querendo ou não, a cada dia estamos construindo e deixando um legado para eles. No texto lido como base, Paulo estava simplesmente deixando um bom legado para os seus filhos espirituais. Nesta noite vamos meditarmos juntos, sobre:

 

 

ALGUMAS ÁREAS QUE NOSSOS FILHOS ESTÃO NOS OBSERVANDO.

 

1) COMO LIDAMOS COM NOSSOS CÔNJUGES. – Efésios 5:22 e 25

 

Nossos filhos estão observando a maneira que lhe damos com os nossos cônjuges; nossa conduta; jeito de falar; nosso tratamento. Eles estão nos observando, sem que saibamos.

 

PERGUNTA: Você acha que a vida conjugal de um casal influencia no comportamento dos filhos? Comente!!!

 

 

2) COMO LIDAMOS COM O NOSSO PRÓXIMO. – Mateus 22:37-39

 

Como lidamos com o nosso próximo? Ou somos irados? Desrespeitosos? Maledicentes? Duros? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos. 

 

PERGUNTA: Você já passou pela experiência de ver um filho presenciando um mau exemplo de um pai? Como se sentiu?

 

 

3) COMO LIDAMOS COM AS NOSSAS DIFICULDADES E ERROS. – Romanos 12:17-18

 

Como reagimos em tempos de crise? Somos equilibrados? Honestos? Perseverantes? E quando erramos com as pessoas? Pedimos perdão? Somos humildes? Restituímos o prejuízo? E em nossos negócios? Falamos a verdade? Não enganamos? Somos justos? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos. 

 

PERGUNTA: Você acha que devemos falar das nossas crises e erros para os nossos filhos? Comente!!!

 

 

4) COMO LIDAMOS COM AS COISAS DE DEUS. – 1 Coríntios 10:31

 

Como nos relacionamos com Deus? Levamos Ele a sério? Somos compromissados com Ele? Com a Igreja? Somos piedosos? Quantas vezes nossos filhos nos surpreenderam orando ou lendo a Bíblia? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos. 

 

PERGUNTA: Em sua opinião, temos deixado um bom legado espiritual para os nossos filhos?

 

 

CONCLUSÃO: Não importa se você tenha ou não recebido um bom legado de seu pai ou de sua mãe. Deus espera de cada um de nós que imitemos o bom legado que Jesus nosso Senhor deixou para nós. Que nesta noite possamos assumir um compromisso diante de Deus de sermos melhores pais, filhos, cristãos, deixando assim um bom legado para as próximas gerações.

 

 

 

 

##################################################################################################

 

 

 

 

TEMA: SINTOMAS DE UM FILHO DOENTE  

 

TEXTO: Lucas 15:25-32

 

QUEBRA-GELO: Você se considera um filho de Deus saudável?

 

INTRODUÇÃO: O texto lido como base, fala do irmão do filho prodigo que se recusava em participar da festa em comemoração ao regresso de seu irmão. Ele considerava injusto seu Pai receber seu irmão com festa sendo ele um rebelde. Esta atitude do filho mais velho, nos revela alguns sintomas quando um filho de Deus está doente emocionalmente e espiritualmente. Considerando que o filho mais velho estava na casa do Pai, vamos aprender juntos:

 

 

SINTOMAS DE UM FILHO DOENTE

 

1º Sintoma de um filho doente – FALTA DE COMUNHÃO COM O PAI - v. 25a … E o seu filho mais velho estava no campo...

 

Enquanto os empregados estavam se alegrando na festa, o filho mais velho estava trabalhando. Não faz sentido o filho de um fazendeiro trabalhando enquanto seus servos estão festejando com ele, isso indica falta de comunhão com o Pai. Hoje, a falta de comunhão com Deus também tem sido o motivo de filhos doentes dentro da Igreja.

 

PERGUNTA: Em sua opinião, o que é ter comunhão com Deus Pai?

 

 

2º Sintoma de um filho doente – FALTA DE ENVOLVIMENTO COM OS INTERESSES DO PAI - v. 26 … E chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo...

 

O Filho foi o último a saber do regresso do irmão, ele não se envolvia com os interesses do Pai. Hoje, há muitos filhos que estão dentro das igrejas, mas não querem nem saber de se envolver com os interesses do Pai.

 

PERGUNTA: Em sua opinião, porque muitos têm dificuldade de se envolver com a obra de Deus?

 

 

3º Sintoma de um filho doente – RESSENTIMENTO e FALTA DE COMPAIXÃO - v. 27/28 ….e ele lhe disse: Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo… Mas ele se indignou…não queria entrar

 

O Filho mais velho, não queria o bem do irmão, torcia contra. Para ele seria melhor que o irmão tivesse morrido. O ressentimento era tanto que ele não queria nem participar da festa. Hoje a falta de compaixão e o ressentimento pelos irmãos, infelizmente não é diferente.

 

PERGUNTA: Como vencer o ressentimento e falta de compaixão?

 

 

4º Sintoma de um filho doente – DESCONTENTAMENTO E INTERESSE - v. 29c …e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos

 

Ele não servia o Pai por amor, mas por interesse. Hoje, muitos abandonam o Pai alegando que não é atendido, ou então deixam de trabalhar na obra, alegando que ninguém reconhece o que ele faz.

 

PERGUNTA: Em sua opinião, o que fazer para não ficarmos descontentes na casa do Pai?

 

 

5º Sintoma de um filho doente – FALTA DE INTIMIDADE COM O PAI - v. 31 …E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas

 

…todas as minhas coisas são tuas… Era como se o Pai estivesse dizendo: Você não tem porque não pede, tudo é teu!!! Assim é hoje, muitos não recebem o que desejam do PAI, por falta de intimidade. 

 

PERGUNTA: Em sua opinião, como alcançar intimidade com o Pai?

 

 

CONCLUSÃO: Deus não quer ver seus filhos doentes. Se você entrou aqui com sintomas de um filho doente, Jesus quer te curar. O PAI se interessa tanto pelos FILHOS PRÓDIGOS como também pelo FILHOS DOENTES, Jesus quer te curar nesta noite!!!

 

 

 

 

##################################################################################################

 

 

 

 

TEMA: NÃO DEIXE A CHAMA APAGAR 

 

TEXTO: Levítico 6:12

 

QUEBRA-GELO: Em sua opinião, como evitar que a chama do Espirito se apague em nossas vidas?

 

INTRODUÇÃO: Conforme o texto lido, o sacerdote do antigo testamento era o responsável por não deixar o fogo do altar apagar. Em Apocalipse 5:6 diz que Jesus nos fez reino e sacerdotes para Deus nosso Pai, e como sacerdotes somos responsáveis em manter a chama do Espírito Santo acesa no altar dos nossos corações.  Hoje vamos aprender juntos:

 

 

03 LIÇÕES PARA NÃO DEIXARMOS A CHAMA DO ESPÍRITO APAGAR

 

1ª Lição: Manter relacionamento diário e profundo com Deus – Mateus 25:1-4

 

As 10 virgens da Parábola contada por Jesus representam a Igreja. Cinco das virgens não levavam azeite consigo. Sabemos que na Bíblia o azeite é um dos símbolos do Espírito Santo. Em Êxodo 35:14 diz que o azeite era para manter a luminária do candelabro aceso. Hoje é o Espírito Santo que mantem a nossa lâmpada (espírito Pv 20:27) acesa, mas quando não desenvolvemos um relacionamento diário e profundo com Deus nossa lâmpada vai se apagando.

 

PERGUNTA: Em sua opinião, como desenvolver um relacionamento diário e profundo com Deus?

 

 

2ª Lição: Priorizar nossa vida espiritual – Mateus 25:5-8

 

O texto diz que as cinco virgens prudentes haviam preparado as suas lâmpadas, mas as cinco virgens loucas estavam despreparadas e consequentemente com suas lâmpadas apagadas. Certamente o motivo do despreparo dessas cinco virgens loucas, era porque não priorizavam sua vida espiritual. Infelizmente, assim tem sido com muitos cristãos que estão dentro das igrejas, já receberam Jesus e creem em Sua volta, mas não priorizam seus relacionamentos com Deus, as coisas de Deus não são prioridade. (Mateus 6:33)

 

PERGUNTA: Em sua opinião, o que mais tem roubado o lugar de Deus em nossas vidas?

 

 

3ª Lição: FAÇA UM AUTOEXAME DIÁRIO PARA VER SE A CHAMA DO ESPÍRITO CONTINUA ACESA EM SUA VIDA – Mateus 25:10

 

Como já falamos, na velha aliança a responsabilidade de manter o fogo aceso no altar era do sacerdote. Hoje, como cristãos, somos sacerdotes de Deus e responsáveis em manter a chama do Espírito acesa no altar dos nossos corações, por isso é importante fazermos um autoexame diário para ver se o nosso relacionamento com Deus continua aceso. Infelizmente as cinco virgens loucas deixaram para fazer este autoexame quando a porta já havia fechado.

 

PERGUNTA: Como fazer um autoexame espiritual?

 

 

CONCLUSÃO: Que bom que as portas ainda não se fecharam para nós, estamos vivos e Jesus ainda não voltou. Não podemos viver neste mundo achando que vamos passar a eternidade aqui, não podemos entrar na Presença Dele de qualquer jeito. Ainda hoje temos a oportunidade de fazer um autoexame para ver se não está faltando azeite (Espírito Santo) em nossas vidas. Mas lembrem-se, o autoexame e nosso relacionamento com Deus tem que ser diário!!!

 

 

 

##################################################################################################

 

 

 

 

TEMA: AS DUAS FACES DO MEDO 

 

TEXTO: 1 João 4:18

 

QUEBRA-GELO: Do que você tem medo?

 

INTRODUÇÃO: Segundo uma pesquisa americana, quase 21% das pessoas sofrem de transtorno de ansiedade. Ou seja, vivem o tempo todo com medo de alguma coisa. Neste estudo vamos meditar sobre as duas faces do medo, vamos aprender que o medo pode ser benéfico ou extremamente destrutivo dependendo da maneira que lidamos com ele.

 

 

1)      A FACE NEGATIVA DO MEDO – Mateus 14:30

 

Cada um tem o seu medo, alguns mais e outros menos, mas todos temos algum tipo de medo. Medo do desemprego – medo de uma dor no corpo – medo do futuro – medo da morte – medo de perder alguém que ama (esposo, namorado) – medo de ficar sozinho – medo de trovão e tempestade – etc… O texto lido como base, fala que Pedro estava andando sobre as águas para se encontrar com Jesus, mas sentindo o vento forte teve medo. O problema não está em sentir medo, mas sim em se deixar dominar por ele. Quando isso acontece o medo traz muitas consequências.

 

1) O MEDO FAZ A GENTE VER COISAS ONDE NÃO TEM. Mateus 14:26

 

2) O MEDO TRAZ INSEGURANÇA. Jó 3:25

 

3) O MEDO TRAZ DESESPERO. 1 Jo 4:18b …porque o medo produz tormento…

 

4) O MEDO PARALISA O HOMEM Mateus 28:4

 

5) O MEDO TEM O PODER DE BLOQUEAR OS NOSSOS TALENTOS. Mateus 25:24,25

 

Pergunta 1: Em sua opinião, como vencer o medo?

 

Pergunta 2: Você já teve a experiência de superar o medo em alguma área de sua vida? Compartilhe com o grupo!!!

 

 

2) A FACE POSITIVA DO MEDO – 2 Crônicas 20:2,3

 

O medo em sua face positiva pode ser usado como um mecanismo de autopreservação, quando usado de uma maneira positiva, o medo nos coloca em estado de alerta, um sinal de atenção. O texto lido como base diz que Jeosafá teve medo do grande exército que vinha sobre ele, então canalizou o medo para buscar o Senhor. Vejamos outros exemplos do lado positivo do medo.

 

O MEDO DE PERDER O TRABALHO EM TEMPOS DE CRISE. O medo nesse sentido, mobiliza, empurra para frente, tira a gente da acomodação.

 

MEDO DE SOFRER ACIDENTE. Esse medo é saudável, ele faz respeitarmos as leis de trânsito.

 

MEDO DE SER PUNIDO PELA JUSTIÇA. Esse medo nos leva a andar certo e respeitar a constituição do país. MEDO DE PERDER MINHA FAMÍLIA. Isso é bom, me leva a cuidar melhor do meu cônjuge e filhos.

 

MEDO DE PASSAR A ETERNIDADE NO INFERNO. Devemos servir a Deus por amor, mas se esse faltar, o temor também nos ajuda.

 

Pergunta 1: Qual a sua opinião sobre esse lado positivo do medo?

 

Pergunta 2: Que lição você tira para sua vida sobre este estudo?

 

 

CONCLUSÃO: Se você tem sido dominado pelo medo, a melhor maneira de vencer ele é se aproximando de Deus e fazendo justamente o que não consegue fazer. Se por outro lado tem faltado a medida certa do medo em sua vida, peça para Deus derramar sobre você um espírito de temor.

 

 

 

##########################################################################################

Print Friendly
Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Busca na Bíblia
Patrocinadores

Voltar ao Topo