Fortaleza -

PASTOR, COMO CONVIVER COM PESSOAS DIFÍCEIS?

PASTOR, COMO CONVIVER COM PESSOAS DIFÍCEIS ?

.

To: mario@adcaminho.com.br
Subject: COMO CONVIVER COM PESSOAS DIFÍCEIS.
Date: Wed, 11 May 2011 23:49:15 +0300

.

Todos nós, mais dia, menos dia, esbarramos em alguém que nos tira do sério. Uma pessoa realmente difícil. Não falo dos carrancudos usuais que cruzam nossos caminhos e depois desaparecem como motoristas mal-humorados, vendedores cricris ou entregadores grosseiros. Refiro-me aos que nos enlouquecem, pisam em nosso calo, mas que não podemos ignorar tampouco evitar, como colegas de trabalho, vizinhos ou parentes. Pessoas que geralmente descarregam todos os seus problemas em nós, e que fazem você sentir uma pessoa sem valor qualquer.

.

Enfim…..

.

Qual o nosso papel como servo de Deus ???

.

Por que em muitas das suas respostas tenho visto esse ponto de que a cima de tudo somos seres humanos que sentimos, erramos, iramos, amamos, acertamos etc….

.

Ajude-me com algumas explicações por que está difícil?????

.

.

A Paz…….

.

Aguardo Resposta

.

__________________________________

.

Paz e Graça

.

Dentre os textos bíblicos, há um que diz assim: Se depender de vós tende paz com todos. Sendo assim, trazendo para uma linguagem contemporânea, nem tudo depende da gente, principalmente em se tratando de amizade, aborrecimentos, intrigas, brigas, desavenças, etc.

.

O que te digo é o seguinte, se depender de você, tenha paz com todos. Faça sua parte. Há coisas que estão além do nosso alcance, como é o caso de impedir que alguém “pise nos nossos calos” rs.

.

No mais, não vejo nada complicado, alias, tudo é muito simples e descomplicado mesmo. E, o nosso papel como servos de Deus diante de tais situações é nos mantermos moderados, sensatos e acima de tudo praticando o fruto do Espírito, que deve está continuamente arraigados em nós, nesse caso, um dos seus aspectos primordiais que é o domínio próprio.

.

Logo, tudo por nós deve ser feito com muito bom senso. Entretanto, isso não nos impede de agir de forma mais dura ou até ríspida em determinadas situações, até porquê, não nascemos para ser saco de pancadas de ninguém, principalmente quando é algo que fere de alguma forma nossa moral ou reputação.

.

É o que penso.

.

.

Em Cristo,

.

.

Mário

.

.

Fortaleza, 17 de maio de 2011

.

.

.

.

.

_______________________________________

Print Friendly
Compartilhe com seus amigos!

Comentários Encerrados.

BANNERS

Voltar ao Topo