Fortaleza -

FUI TRAÍDO POR MINHA ESPOSA

FUI TRAÍDO POR MINHA ESPOSA

Para: mario@adcaminho.com.br

Data: Ter, Jul 19, 2011, 22:16

Assunto: ACONSELHAMENTO

______________________________________

Carta:

Paz pastor,

.

Eu tenho 29 anos e minha esposa 24. Conheci minha esposa no seu trabalho há sete anos atrás. Fizemos amizade e começamos a sai e estamos até hoje. Ela era evangélica e eu comecei a ir a igreja, me batizei e nos casamos.

.

Estávamos indo poucas vezes nos últimos dias a igreja que nós congregamos, e em abril descobri que ela estava me traindo há quatro meses (ela confessou).

.

Na hora lhe dei uma segunda chance. Estamos a dois mês e meio tentando  esquecer, mas não sei se posso confiar nela, estou confuso e cheio de ódio, mas nos tratamos bem e não deixamos parecer para as pessoas que estamos diferentes.

.

Eu nunca a trai por isso não vi motivos maiores para ela me trair.

.

Estou sofrendo muito, queria saber sua opinião. Me ajude.

.

Espero sua resposta pastor e peço muita oração por mim, por nós e por nossos filhos.

.

_______________________

Resposta:

.

Meu filho amado, graça e força sejam sobre sua vida. Me desculpe a demora.

.

Traição é de fato uma das situações mais difíceis de lhe dar e perdoar seja qual for o nível – desde que seja numa simples amizade até no casamento.

.

O que a bíblia diz? A bíblia, simplesmente manda a gente perdoar, até mesmo nossos inimigos, esta é a regra áurea. Jesus, certa vez respondendo aos fariseus um questionamento acerca do divórcio, disse: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele (Moisés) escrito esse mandamento; ou seja, deu-lhes permissão para divorciar-se. O essencial e o princípio, porém, é que haja esforço para que se possibilite o perdão, principalmente quando se ama.

.

Sua liberalidade em propiciar à sua esposa uma “segunda chance” mostra exatamente a bondade do seu coração e o amor que você tem por ela e seus filhinhos. É perceptível, apesar de suas poucas palavras, que você a ama muito, pois homem nenhum conseguiria se desprover do seu próprio EU, como você fez, caso não a amasse. Isto é honroso. Penso que se você foi capaz de conceder-lhe perdão, muito mais será em passar uma borracha em tudo isso, apesar de entender que dificilmente você esquecerá de fato.

.

Em relação à confiança, imagino que no seu caso em especial, daqui para frente será um ato de conquista por parte de sua esposa, pois o homem por natureza, em situações como a sua, tornar-se indiscutivelmente um ser quase que “eternamente” desconfiado. Mas, isso pode e deve ser naturalmente suavizado em você com o passar do tempo.

.

Assim sendo amigo, toque o barco da existência pra frente. Abra as velas da esperança e navegue no mar da fé, pois o justo vive sempre por fé. Não fique passando na “cara dela” ou remoendo tal erro por ela cometido, caso contrário, você estará fazendo um grande mal a você mesmo. Ame cada vez mais, e eu sei que você a ama, pois caso não fosse assim, nem me escrito você teria.

.

O ódio vindo a você é natural em fatos assim, pois a verdade é que nenhum de nós espera ser traído mesmo que existam perspectivas nesse sentido. Portanto filho coloque o ódio de lado, se encha cada vez mais de Deus (amor), e, prossiga adiante.

.

Enquanto lhe escrevo, me lembro do apóstolo Pedro. Lembra dele? Ele negou a Jesus; o que foi aquilo senão um ato de traição? Jesus, porém, ao encontrá-lo novamente, pergunta por três vezes: Pedro tu me amas? Ele, Pedro respondeu as três vezes dizendo SIM, pois ele verdadeiramente o amava.

.

O que aprendemos com isso? Simples. Aprendo que até quem ama corre o risco de trair, de negar, de abandonar, etc. Obviamente que isso não é uma porta de licenciosidade para se justificar traições, todavia, Pedro amava Jesus, mas isso não foi suficiente para evitar sua negação.

.

Portanto mano querido creio que sua esposa também lhe ama. Perdoe-a. O fato dela ter o traído não é sinônimo de falta de amor por você.

.

É isso que penso e espero lhe ter sido útil.

.

Caso necessite, me escreva novamente, estarei a sua inteira disposição.

.

Tenha minhas orações a seu favor e a favor dos seus.

.

Beijão

.

Em Cristo, que um dia nos ensinou que onde abundou o pecado superabundou a Graça.

.

Mário

.

Fortaleza, 26 de julho de 2011

.

.

.

.

________________________________

Print Friendly
Compartilhe com seus amigos!

Comentários Encerrados.

BANNERS

Voltar ao Topo