Fortaleza -

PASTOR EU QUERO FALAR MAS TENHO MEDO

PASTOR EU QUERO FALAR MAS TENHO MEDO

To: adcaminho@hotmail.com
Subject:
Date: Mon, 11 Feb 2013 21:29:22 +0300

 

Carta:

 

Paz

 

Dúvidas

 

O real significado de livre arbítrio tem sentidos religiosos, psicológicos, morais e científicos. Algumas pessoas dizem que livre arbítrio significa ter liberdade, e muitas vezes confundem com desrespeito, e falta de educação. Cada um realmente tem direito de fazer o que quiser com sua vida, e escolher qual caminho quer seguir, desde que não prejudique ninguém.

Más e quando esse livre arbítrio começa a interferir no seu relacionamento familiar, e com amigos, e com a sociedade como um todo.

Hoje realmente eu estou muito confusa com relação a isso, hoje tudo é certo, tudo é normal, tudo é preconceito, eu percebo que a cada dia que se passa fica cada vez mais difícil você se expressar sem que tenha uma pessoa pra apontar a sua opinião.

Gostaria de um esclarecimento a mais sobre esse tipo de assunto, por que olha, não é fácil não, você não poder expressar sua opinião sem que as pessoas não te interprete de maneira errada e hostil.

Muitas vezes sou omissa por não “querer” da uma opinião por que eu já sei que serei mal interpretada. E isso está me incomodando pois muitas vezes passo a pecar por isso. Por não expressar a verdade do assunto abordado.

 

” O Homem é mais livre, quando apenas controlado por Deus”.

 

Desde já agradeço pela atenção.

Aguado

 

______________________________–

Resposta:

 

Eis o que penso acerca do assunto.

Em primeiro lugar todos nós realmente somos livres, e o fato de sermos diz-nos quem somos daí o termo “Livre arbítrio”. Logo, essa liberdade está debaixo de limites, e o seu limite maior se chama “O próximo”, como você bem disse. Contudo, isso não quer dizer que eu não possa opinar, declarar ou manifestar um pensamento ou opinião acerca de determinado assunto ou situação que me veja envolvido ou com a necessidade de colocar o que penso mesmo que não seja de acordo com o que o outro pensa.

Na sua carta o que mais me chama a atenção, são os seus dois últimos parágrafos, pois pelo que pude entender, parece-me que em determinados momentos e situações você quer manifestar seu pensamento acerca de algo e parece ser mal interpretada, ao ponto de que hoje, você se sente prisioneira das suas próprias opiniões por entender que já há, antes de qualquer coisa, um pré-julgamento acerca do que você poderia vir falar diante de determinadas pessoas.

A grande questão pra mim é:

Por que você já sabe que irão interpretá-la mal? Já aconteceu isso outras vezes?

Será que você tem se colocado bem e compreensivelmente o que pensas diante daqueles que lhe interpretam?

Você já foi constrangida por alguma verdade e/ou pensamento que falou?

Gostaria que se possível me respondesse essas perguntas, porque só então poderei diagnosticar qual o real problema da situação, pois a questão do Livre Arbítrio de fato não tem muito a ver com o que você tem vivido, mas, muito mais, pelo que me parece, uma questão de intolerância, traumas, medo ou inconveniência por parte do ciclo de pessoas que está a sua volta.

Gostaria se possível até que você me falasse alguma situação de algo que você viveu referente a essa situação em algum momento.

 

Shalom

 

Em Cristo, nosso libertador

 

Mário

 

 

Fortaleza, 21 de fevereiro de 2013

Print Friendly
Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Busca na Bíblia
Patrocinadores

Voltar ao Topo